Você sabia que Pelé não torce pro Santos?

O Rei do Futebol é o ídolo máximo do Santos e do futebol brasileiro. Pelé escreveu a maior parte de sua história com a camisa alvinegra, chocando o planeta com sua habilidade nos anos 60. No entanto, para surpresa de muitos, o Peixe não é o time para qual o Rei torce. Em entrevista para o “Canal Pilhado”, Pelé falou sobre sua paixão no futebol, que tem origens em sua infância: o Vasco da Gama.

“Em Bauru, a maioria dos amigos do meu pai, seu Dondinho, era Corinthians. Era São Paulo, tinha o BAC (Bauru Atlético Clube), o Noroeste, mas do Brasil, a maioria era corintiano. E não sei porque cargas d’água eu saí Vasco, comecei a gostar do Vasco”, afirmou Pelé. E o Rei também deixou claro que o amor pelo clube carioca segue até hoje.

“Fui não, sou Vasco. Para que não se lembra, sou ainda. Todo mundo começou a me questionar, e eu disse: “Tenho direito de escolher, porque meu time, todo mundo sabe que é o Santos, eu jogo pelo Santos”. Mas eu sou vascaíno, porque naquela época meu pai jogava com um jogador que chamava Marinho, centroavante, mais jovem, que depois foi para o Vasco. E aí deu essa coisa pelo Vasco. E por coincidência, eu acabei jogando pelo Vasco em um Brasileiro”, relatou.

A passagem pelo Vasco que Pelé citou aconteceu em 1957, durante o Torneio do Morumbi, realizado para celebrar a construção do estádio do São Paulo Futebol Clube. A partida amistosa foi disputa entre o time da capital paulista e o Vasco; no entanto, o time principal do cruzmaltino excursionava pela Europa. Por isso, o Santos cedeu Pelé e outros atletas para completar o “combinado” da equipe carioca.