Vestiu a camisa do Santos e disparou contra ex-parceiro: ‘Eu conheço ele’

O clássico alvinegro do último domingo valia muito mais que três pontos, em situações complicadas na tabela, Corinthians e Santos buscavam se distanciar do Z-4 e empurrar o rival para a parte de baixo da classificação. 

A tarefa estava sendo cumprida pelo time da casa, o Alvinegro da capital estava vencendo a partida por 1 a 0, gol contra de Jean Lucas, até os 50 minutos do segundo tempo, quando Bruno Méndez derrubou Yeferson Soteldo dentro da área. Anderson Daronco assinalou a penalidade máxima após consulta ao VAR, Stiven Mendoza partiu para a cobrança e acertou o canto direito de Cássio, empatando o clássico.

O pênalti foi a jogada mais polêmica do domingo, enquanto os corintianos argumentam que Bruno já havia colocado o pé antes do contato com o camisa 10 santista, os torcedores do Alvinegro Praiano dizem que o contato foi o suficiente para derrubar o venezuelano. A polêmica foi ainda maior após o lance ser reproduzido no telão da Neo Química Arena, o zagueiro do Corinthians, Lucas Veríssimo, ex-Santos, opinou na saída do gramado.

Menino da Vila opinou sobre pênalti do último domingo (29)

‘Eu conheço o Soteldo, eu sei dessa jogada dele, ele gosta de dar esses cortezinhos curtos, acredito que ele deu uma forçada, deu uma cavada, infelizmente o Daronco deve ter ido na dele’, disparou o jogador.

A relação de Veríssimo com a torcida santista não é nada boa, o Menino da Vila optou por se transferir ao rival Corinthians e frustrou os torcedores do Santos. Outro atleta candidato à lei do ex na noite de ontem era Yuri Alberto, o camisa nove, assim como Veríssimo, foi revelado pelo Peixe, mas passou em branco graças à grande atuação do goleiro João Paulo.

Sem o gol de Yuri, a ‘lei do ex’ foi aplicada por Stiven Mendoza, o colombiano teve passagem sem brilho pelo Corinthians em 2015, pelo Santos, o atacante é o vice-artilheiro do time na temporada, com 10 gols.