VEJA! Qual foi o pacto que os jogadores do Santos fizeram?

Na briga contra o rebaixamento, qualquer ponto desperdiçado é motivo de lamentação para muitos times, mas para o Santos, Marcelo Fernandes quer que a história seja diferente.

O Santos vinha de uma incrível sequência de três vitórias consecutivas, contra Bahia, Vasco da Gama e Palmeiras, mas acabou esbarrando no Red Bull Bragantino e não conseguiu a quarta vitória. O time de Bragança Paulista é o vice-líder do Campeonato Brasileiro e é o clube que menos perdeu na competição.

Apesar da derrota por 3 a 1 dentro de casa, a torcida santista aplaudiu o time no apito final, em uma demonstração clara de que está ao lado dos jogadores até o final, seja qual for o resultado.

Marcelo Fernandes cobra cabeça erguida de seus jogadores

O treinador Marcelo Fernandes corroborou com a torcida e apoiou os seus jogadores na entrevista coletiva após a partida:

“Não estou feliz pelo resultado, mas feliz pelo desempenho. Jogo difícil, mas nos entregamos ao máximo. Não comemoramos antes e agora não podemos ficar tristes. Agora temos um jogo dificílimo em Porto Alegre. Vamos fortes para lá”, disse o treinador do Santos.

O jogo em Porto Alegre que Marcelo se refere é o confronto contra o Internacional, no Beira-Rio. O time de Eduardo Coudet chegou à semifinal da Copa Libertadores, mas está com dificuldades de conseguir uma sequência no Brasileirão, o Colorado está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento.

Uma simples vitória santista pode tirar o time do Z-4, mas o Santos não sai com os três pontos do Beira-Rio há exatos 10 anos, desde da última vitória, foram nove confrontos, com seis vitórias do time da casa e três empates. 

A bola rola no próximo domingo (22), às 16h, no estádio do Beira-Rio, casa colorada. O Santos está atualmente na 17ª colocação, com 30 pontos, já o Inter se encontra em 13º, com 32 pontos somados.