Veja o quanto o Santos foi prejudicado no Brasileirão

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos foi derrotado por 3 a 2 para o Flamengo, em partida que ficou marcada por um erro bizarro de arbitragem. O Peixe teve um pênalti claro não marcado a seu favor e sequer houve consulta no VAR por parte da equipe de árbitros. E este não foi apenas o único erro de arbitragem que prejudicou o alvinegro praiano na competição. A lista, na verdade, é bem extensa.

Uma das primeiras decisões contestadas pela torcida santista aconteceu já na primeira rodada do Brasileirão, em partida contra o Fluminense. A partir terminou no placar de 0 a 0, e nos minutos finais da partida, o árbitro não deu um possível pênalti no atacante Ângulo. O lance sequer foi revisador no árbitro de vídeo.

Já na quarta rodada, em clássico contra o São Paulo, o Peixe perdeu por 2 a 1. Um dos gols do tricolor paulista teria saido de uma marcação errônea de uma cobrança de lateral em seu favor. Na mesma partida, houve a não marcação de um possível pênalti no lateral Madson.

Em confronto contra o Ceará, pela sétima rodada, o Peixe empatou em 0 a 0. O alvinegro praiano chegou a marcar um gol com Léo Baptistão, porém o mesmo acabou sendo anulado por conta de uma possível falta do volante Fernandez no início da jogada. O lance ainda teria tido uma disputa de bola, que gerou uma nova jogada.

Na 10ª rodada, contra o Internacional, o alvinegro empatou em 1 a 1. O Peixe chegou a abrir o placar no início da partida, com Eduardo Bauermann. No entanto, o VAR acabou anulando o gol por um impedimento bastante questionável do zagueiro; Sávio Spínola, ex-árbitro que é comentarista da Central do Apito na Rede Globo, disse que a posição irregular do atleta é “inconclusiva”.

Já na 33ª rodada, em clássico contra o Corinthians, dois lances geraram polêmica. O primeiro foi a não expulsão de Yuri Alberto após uma entrada violenta em Rodrigo Fernandez. O atacante recebeu apenas o amarelo e acabou sendo expulso após uma disputa no fim do primeiro tempo. Já na segunda etapa, Lucas Barbosa recebeu o cartão amarelo após fazer “falta” no goleiro Cássio. No entanto, o atacante já havia colocado o pé no chão e diminuido a velocidade antes do contato.

No total, foram 13 possíveis pontos que o Santos deixou de conquistar no Campeonato Brasileiro por conta de decisões duvidosas da arbitragem. Somando estes 13 pontos, o Peixe se encontraria na 6ª colocação da tabela, com cinco pontos a mais que o Athletico Paranaense.