Urgente: Santos define próximo reforço

O Santos teve sucesso em algumas contratações na temporada, porém, não foi unanimidade. Alguns jogadores que chegaram a Vila Belmiro pouco atuaram e, inclusive, pode não permanecer para 2024. Em outros casos, a saída é fruto, justamente, do bom desempenho, como é o caso do zagueiro Joaquim, alvo de clubes da Europa.

Um problema do Santos, em meio às transferências realizadas durante a temporada, não teve solução: laterais. O Peixe acumulou, ao longo de 2023, cinco laterais entre Auro, Nathan, João Lucas, Gabriel Inocêncio e Júnior Caiçara, e ainda improvisou Lucas Braga como solução definitiva. Claramente, não é o modelo ideal de um clube em busca de grandes conquistas.

A diretoria do Santos, então, já começa a procura por um lateral no mercado para reforçar o elenco de Marcelo Fernandes. O problema é que, enquanto não houver as eleições, o Peixe dificilmente fechará algum negócio. Por conta da troca no comando, é necessário que os membros do Conselho Deliberativo e Fiscal liberem a transação.

Por outro lado…

A falta de peças no elenco, pelo menos, é recompensada por uma “ajudinha” da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmada pelo próprio Lucas Braga. A entidade não estava acostumada a conceder pausas no Brasileirão durante a Data FIFA, mas optou pela mudança na atual temporada. Assim, o Santos ganha dias importantes de descanso e treino antes da reta final da competição.

“Essa pausa foi de grande ajuda para nós. Eu costumo falar que essa sequência é assustadora. São jogos a cada dois, três dias, com o período de treinamento e recuperação sendo muito curto. E isso acaba desgastando muito e causando a lesão em vários atletas. Então essas duas semanas apenas de descanso e treino serão importantes demais nessa reta final de temporada”, comentou Lucas Braga.