Torcedores do Peixe se unem em prol de Pelé

Neste domingo (4), torcedores do Peixe se reuniram em frente à porta do Hospital Albert Einstein, na zona oeste de São Paulo, para se solidarizar com o Rei Pelé, que está internado no local. O movimento foi convocado e organizado pela Torcida Jovem do alvinegro praiano. A organizada levou bandeiras e cartazes com mensagens de apoio ao ídolo santista.

Pelé foi internado no hospital na última terça (29), para realizar uma reavaliação da terapia quimioterápica do tumor de cólon, que foi identificado no ano passado. Segundo informações da Folha da São Paulo, o tratamento de combate ao câncer teria sido suspenso, já que seu corpo não reagia mais à quimoterapia. O ídolo santista estaria recebendo cuidados paliativos, que visam oferecer qualidade de vida e aliviar o sofrimento de pacientes com doenças incuráveis.

No entanto, a família do Rei desmentiu que Pelé está correndo risco de vida. As duas filhas do ídolo santista, Kelly Nascimento e Flávia Arantes, disseram estar confiantes de que o pai voltará para casa depois que ele se recuperar de uma infecção pulmonar. “Ele está doente, está velhinho, mas no momento ele está lá por causa de uma infecção no pulmão. E quando ele melhorar, ele vai para casa de novo”, afirmou Kelly em entrevista para o programa Fantástico, da Globo.

“É muito injusto começarem a falar que ele está em fase terminal. Não é isso, acreditem na gente”, afirmou Flávia. Em boletim médico divulgado pelo hospital no sábado (3), Pelé teve boas respostas aos cuidados na infecção respiratória, não apresentando nenhuma piora no quadro. Em suas redes sociais, o Rei publicou que está fazendo seu tratamento “como sempre”.