Santos perde, passa vergonha e pode ser punido

O Santos perdeu para o Corinthians por 2 a 0, na última quarta-feira (21), na Vila Belmiro, em péssima atuação coletiva e vê crise se instalar no clube. Em má fase, o Peixe é o 13° na tabela de classificação e pode ser punido após protestos da torcida.

Nos minutos finais da partida, torcedores do Santos que estavam atrás do gol do Cássio, no setor das torcidas organizadas, jogaram fogos e rojões no campo. O jogo foi paralisado e o árbitro Leandro Vuaden encerrou a partida antes do tempo. O caso deve ser levado para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e dificilmente o clube não pegará uma grande punição pelo fato.

De acordo com informações de bastidores, a saída do técnico Odair Hellmann deve acontecer durante a quinta-feira (22). A diretoria do Peixe resolveu dar sequência de treinamentos durante a pausa na DATA-Fifa para uma melhora da equipe, mas o crescimento não foi visto durante a partida.

Jogador não pensa duas vezes e detona Santos: “Uma vergonha”

A atuação abaixo do esperado do Santos fez com que o goleiro João Paulo, capitão do time, fosse aos repórteres para lamentar a crise vivida no Peixe. O goleiro afirmou que é “uma vergonha” a situação atual do time comandado por Odair Hellmann.

“Primeiramente vou pedir desculpas ao torcedor. Infelizmente, hoje foi uma vergonha, e nem digo pelo resultado, e sim como foi. Tivemos reunião com a torcida, uma cobrança, e nós sabíamos que tínhamos que fazer diferente. O que pesa é a sequência. A gente tá perdendo a força que temos na Vila Belmiro. Infelizmente, hoje foi uma mancha na história”, afirmou o goleiro.