Santos pega todo mundo de surpresa e anuncia reforço dos EUA

Buscando retomar o protagonismo no futebol brasileiro, as Sereias da Vila continuam se reforçando para a temporada de 2023. O time feminino do Santos fechou a contratação de mais uma jogadora estrangeira. Trata-se da zagueira norte-americana Reina Bonta, de 23 anos. Ela se tornou o 11ª reforço deste ano.

Reina começou a sua trajetória no esporte ainda jovem, e quando entrou na Universidade de Yale, jogou futebol universitário por quatro anos, até 2021. Um ano depois, defendeu as cores do San Francisco Nighthawks.

Como seu pai nasceu é filipino, ela decidiu jogar pela Seleção de Filipinas. Pelo país, alcançou um grande feito, alcançando a classificação para a Copa do Mundo Feminina de 2023, que será realizada entre julho e agosto, na Austrália e Nova Zelândia.

Ela iniciou como meio-campista, mas depois foi deslocada para a posição de zagueira.Em entrevista de apresentação ao novo clube, ela comentou sobre suas características dentro de campo.

 “Durante a maior parte da minha carreira joguei como volante. Agora como zagueira, me sinto confortável com a bola, tendo uma boa visão de jogo. Sou uma defensora implacável. Não desisto de nenhum lance”, afirmou Reina.

História e outra paixão

Reina nasceu em New Haven, em Connecticut, ela terá o maior desafio de toda a sua carreira ao vestir a camisa do Santos. Para ela, é um sonho sendo realizado.

“Sou privilegiada por estar aqui no Brasil e nesse grande clube. O Santos é uma equipe lendária, com um histórico inigualável. Na infância, aprendi a jogar com paixão e criatividade, e acho que isso irá me ajudar nessa nova experiência, pois encaixa com o futebol brasileiro”, admitiu a norte-americana.

Além do futebol, Reina possui outra paixão: o cinema. Ela é formada em Cinema e Estudos de Mídia, e inclusive chegou a dirigir o filme “Lahi”, lançado em 2022.

“Estou totalmente comprometido com minha carreira no futebol, e acredito que fazer filmes, assim como a meditação, me dá uma saída para manter a calma e o foco, tornando-me um jogador e uma pessoa melhor”, finalizou a jogadora.