Santos não desiste de reforçar o elenco e vai para cima de mais jogadores

Ciente da situação complicada do Santos na tabela de classificação da Série A, a diretoria segue buscando reforços no mercado. Apesar da janela de transferências ter encerrado na última quarta-feira, 2 de agosto, as equipes ainda podem contratar jogadores livres no mercado, ou seja, sem clube.

Por isso, o Alvinegro Praiano trabalha para anunciar mais nomes visando fortalecer seu plantel para o restante da temporada. O principal nome na lista da cúpula é o do meia-atacante Roberto Pereyra, com quem os dirigentes conversam há meses.

A negociação para trazer o argentino, no entanto, não é das mais fáceis. Isso porque ele manifestou desejo de permanecer na Europa. Caso não chegue nenhuma proposta vantajosa, o Santos surge como provável destino.

Recentemente, o coordenador Paulo Roberto Falcão, responsável pelo departamento de futebol do Alvinegro Praiano, comentou sobre as tratativas com o jogador.

“O Roberto é um jogador que estamos tentando há meses. Um jogador que poderia agregar muito. Foi feito o possível para trazê-lo. Está sendo feito. A gente depende de outra situação. As vezes vem outros clubes do Catar e Arábia que fica inviável. Tem muitas variáveis que não temos controles. Temos controle de fazer uma proposta boa e que ele possa vir. Não temos condições de influenciar em determinadas coisas”, comentou.

Nomes especulados

Além de Pereyra, outro jogador que interessa ao Santos nesta janela de transferências é o também meia Luciano Vietto, que está sem clube após o fim do seu vínculo com o Al Hilal, time da Arábia Saudita. O jogador de 29 anos tinha salário em torno de 1 milhão de reais no Oriente Médio, mas está disposto a baixar o valor dos seus vencimentos.

Reforços

Nesta janela, o Santos anunciou, além de João Basso, outros três reforços até o momento: o lateral esquerdo Dodô, o volante Jean Lucas e o atacante Julio Furch.