Santos é prioridade para retorno de centroavante que atua na Europa

Diante das notícias recentes especulando o interesse do São Paulo em contar com o empréstimo de Kaio Jorge, ex-Santos e atualmente na Juventus, o Peixe só observa. Isto porque o clube possui a prioridade do empréstimo do jogador ao futebol brasileiro.

Caso a negociação avance com o rival paulista, a Juventus irá notificar o Alvinegro da Vila Belmiro para decidir se quer entrar na parada e cobrir a proposta do São Paulo.

O mecanismo foi acordado entre os clubes logo quando fecharam a transferência do atacante ao futebol italiano, na metade de 2021. Junto a isso, ficou acertado que o Santos iria receber  3 milhões de euros (R$ 18,5 milhões, segundo a cotação da época) e mais 1 milhão de euros (cerca de R$ 6,1 milhões) quando o atacante atingisse uma meta de jogos pré-estipulada.

Não suficiente, o Peixe ficou com 5% de uma venda futura do atleta, além dos 3 milhões de euros que a Juventus recebesse em uma possível negociação futura.

Desde que o presidente Andres Rueda assumiu o cargo, o Santos buscou renovar o contrato com Kaio Jorge. Entretanto, não teve sucesso, e o desejo do Menino Da Vila era jogar na Europa.

Ciente disso e com medo de perder o jogador de graça, a alta cúpula do clube decidiu colocá-lo à venda. Ao todo, vestindo a camisa alvinegra, o atleta atuou em 84 duelos e marcou 17 gols. 

Lesão grave na Itália

Kaio Jorge ainda está fora de ação desde o começo do ano passado. Todavia, já se encontra no processo final de recuperação, e pode retornar aos treinos com a equipe em breve.

Ele sofreu uma ruptura do tendão patelar do joelho direito durante a vitória do time B da Juventus diante do Pro Patria, em duelo válido pela Série C da Itália, e teve que passar por uma cirurgia.