Santos é notificado e vai sofrer com rombo de R$ 8,5 milhões nos cofres

O ano de 2024 nem começou e a equipe do Santos já tem que pensar nos problemas financeiros que rondam o clube e a não classificação para a Copa do Brasil da próxima temporada pode influenciar diretamente no orçamento da equipe.

Com a mudança no regulamento do torneio, a classificação para a copa nacional se deu a partir do desempenho dos clubes nos estaduais, diferentemente dos últimos anos, quando a classificação era realizada por meio do ranking de clubes da CBF. O Campeonato Paulista do Santos foi decepcionante, a última rodada era decisiva para a equipe voltar ao mata-mata após duas temporadas, mas o time de Odair Hellmann foi derrotado por 3 a 0 para o Ituano.

A desclassificação na fase de grupos do estadual tirou a chance do Peixe de garantir a sua vaga por meio do Paulistão, restando apenas uma opção: se classificar para a Copa Libertadores. Para isso, o Santos teve três caminhos, a Copa Sul-Americana, o Campeonato Brasileiro e a própria Copa do Brasil.

Desempenho ruim pode deixar o Santos de fora da Copa do Brasil

No torneio continental, o Alvinegro Praiano também foi eliminado na fase de grupos, o grupo contava com Newell ‘s Old Boys, Audax Italiano e Blooming. Já na Copa do Brasil, o desempenho foi um pouco melhor, a equipe caiu nas oitavas de final para o Bahia, no Brasileirão, o Santos teria que ficar na 6ª posição, mas atualmente ocupa apenas a 14ª colocação. 

Contando apenas a última participação do Santos na Copa do Brasil, o time terá um rombo de R$ 8,5 milhões, o São Paulo, por exemplo, embolsou R$ 88,7 milhões com o título nacional da última temporada. 

Apesar das projeções, o time do litoral paulista ainda tem chances de se classificar para a Copa do Brasil, para isso, o clube precisa terminar o Brasileirão como o melhor colocado entre os clubes que não disputarão a Conmebol Libertadores, hoje o sétimo colocado é o Athletico Paranaense.