Santos é notificado e pode perder 7 jogadores de uma vez

A temporada do Santos está chegando ao final, o encerramento perfeito para o torcedor santista é a manutenção do time na primeira divisão, evitando o inédito rebaixamento. Com ou sem rebaixamento, os torcedores já sabem que sete jogadores provavelmente não estarão no elenco em 2024.

O Alvinegro Praiano possui sete atletas que seus contratos expiram no final da temporada, são eles: Júnior Caiçara, Gabriel Inocêncio, Camacho, Luan Dias, Maximiliano Silveira, Bruno Mezenga e Alison. Andrés Rueda está vivendo seus últimos dias como presidente do clube, logo, não será o mandatário que decidirá a permanência, ou não, dos atletas.

Dentre todos os jogadores, o trio Gabriel Inocêncio, Luan Dias e Bruno Mezenga são os que têm menos chances de permanecer na Vila Belmiro em 2024, os jogadores estão emprestados pelo Água Santa e não conseguiram desenvolver o seu futebol com a camisa do Peixe.

Jogadores esperam novo presidente para definirem seus futuros

A situação de Júnior Caiçara e Maximiliano Silveira é diferente, os jogadores chegaram ao Santos na janela de transferências do meio do ano sabendo que corriam riscos de não terem seus contratos renovados, Maxi conseguiu se firmar e depende da aprovação da próxima diretoria, já Caiçara não deve permanecer.

Outro jogador que não deve ficar para 2024 é o volante Camacho, muito criticado pela torcida, o jogador de 33 anos era querido por Rueda e teve seu contrato renovado em 2022, mas dificilmente ficará na próxima temporada. A situação do também volante Alison é peculiar, o jogador está lesionado e terá o seu contrato renovado até que esteja totalmente recuperado de sua lesão.

O Santos conhecerá o seu novo presidente no dia 9 de dezembro, cinco chapas concorrem ao cargo, seus líderes são Ricardo Agostinho, Wladimir Mattos, Rodrigo Marino, Maurício Maruca e Marcelo Teixeira. A eleição será feita no formato online e presencial, apenas sócios do Santos que tenham vínculo de, pelo menos, um ano, poderão votar.