Santos bate o martelo e já sabe com o que gastar dinheiro de Ângelo

O Santos a venda do atacante Ângelo por 15 milhões de euros (cerca de R$79 milhões) para o Chelsea, da Inglaterra, e já sabe qual fim vai dar para o dinheiro. Com dívidas altas e metas frustradas com eliminações na temporada de 2023, o Peixe vai precisar o valor da venda para quitar dívidas com jogadores do elenco.

Segundo informações do UOL Esporte, o Alvinegro Praiano chegou a estar devendo dois meses de direitos de imagem aos jogadores, mas quitou um mês. Uma nova parcela vence no próximo dia 15. A expectativa é que o clube utilize o dinheiro da venda do atacante Ângelo, que acertou com o Chelsea, para arcar com os valores em aberto.

Em contrato, o Santos deve realizar os pagamentos até o dia 15 de cada mês. Porém, o presidente Andres Rueda alinhou acordo informal com os atletas para honrar os compromissos até o dia 30 – algo que não foi honrado nos últimos meses, uma vez que o clube ficou devendo dois meses aos jogadores. A questão movimenta os bastidores na Vila Belmiro.

O Santos vai receber 15 milhões de euros (cerca de R$ 78 milhões) pela venda de Ângelo ao Chelsea, da Inglaterra. Com esse valor, o Peixe deve pagar tanto os direitos de imagem quanto outras dívidas. A equipe também deve aproveitar esse montante para se reforçar.

Além do valor da venda de Ângelo, o Santos conta com o primeiro pagamento da liga do futebol brasileiro para arcar com os compromissos da temporada de 2023.

Santos prepara faxina do elenco e R$ 4,5 milhões podem ser salvos

O Santos está fazendo uma faxina no elenco e pode acabar economizando R$ 4,5 milhões nos próximos meses. Com a chegada de Paulo Turra para comandar o Santos, a diretoria deu carta branca para o treinador definir quais jogadores vai contar ou não. Alguns nomes já foram definidos e devem deixar o clube em breve.

Soteldo, Daniel Ruiz, Ivonei e Ed Carlos foram os primeiros afastados e podem ser negociados já nesta janela de transferências. De acordo com informações do portal Bolavip Brasil, as alterações de Turra não param por aí. O objetivo do treinador é recuperar a confiança dos jogadores, que estão com dificuldades após mais de 10 jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro.