Santos anuncia venda de atacante

O Santos oficializou a venda do jovem atacante Deivid Washington ao Chelsea, da Inglaterra, nesta quinta-feira, 24 de agosto. Ele foi vendido ao clube europeu por 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 81,61 milhões na cotação atual) em um acordo que pode ficar em até 20 milhões de euros (R$ 108,82 milhões), caso as metas sejam atingidas.

O Monaco, da França, tinha preferência da compra do jovem e chegou a igualar a oferta do clube inglês, mas o atacante escolheu atuar em Londres. Deivid, de 18 anos, vestiu a camisa do Santos em apenas 16 jogos e assinalou dois gols.

Exclusão de vídeo

Antes da saída do jogador, o Santos pediu a exclusão do vídeo postado por Deivid nas redes sociais ao se despedir do clube. A informação é da jornalista Laura Marcello. O motivo envolvia questões burocráticas, já que o jogador ainda não havia assinado alguns documentos. No vídeo, o jovem se despediu do Peixe e prometeu voltar no futuro.

“Sou muito grato a todos os envolvidos que me fizeram vestir essa camisa tão pesada do futebol mundial. É certo que eu fiquei meses no profissional, mas estou neste Clube desde os meus 11 anos. Vivi muitos momentos marcantes, conquistei títulos, passei por momentos ruins, mas nunca deixei de acreditar no meu potencial. Estou realizando mais um sonho, que é atuar na Europa. Estou feliz, mas não esqueçam que eu prometi em fazer o Santos campeão. Como um bom Presidente, eu voltarei para cumprir isso!”

Recorde em vendas

O Santos é conhecido mundialmente por revelar jogadores com nível alto para atuar no futebol europeu. Diante disso, vendas milionárias viraram rotina na Baixada Santista. Neste século, inclusive, o time alvinegro atingiu 700 milhões de reais em vendas de atletas da base.

A marca foi superada com a negociação de Deivid Washington. Desde 2001, contando com a venda do atacante, são 23 jogadores vendidos pelo Alvinegro Praiano. O valor ainda pode subir caso a ida de Marcos Leonardo para a Roma seja confirmada.