Quem é o equatoriano que colocou Pelé no chinelo aos 16 anos?

O Rei Pelé faleceu no fim do ano de 2022, mas a história escrita pelo camisa 10 do Santos e da Seleção Brasileira, jamais será apagada. Pelé detém o recorde de gols marcados na história do futebol, assim como o recorde de títulos mundiais por seleções.

Mas, o Menino da Vila perdeu um de seus recordes na última quinta-feira (12), para um garoto de apenas 16 anos. O equatoriano, Kendry Páez, ultrapassou Pelé como o jogador mais jovem da história da América do Sul, a marcar um gol pela sua seleção. 

Antes, Pelé era o detentor do recorde, quando marcou pela Seleção Brasileira pela primeira vez com 17 anos.

Jovem promessa do futebol ultrapassa Pelé e bate recorde incrível

O Equador enfrentou a Bolívia, fora de casa, pela terceira rodada das eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, o time do treinador espanhol, Félix Sánchez, derrotou a seleção boliviana por 2 a 1, gols do garoto Kendry Páez e Kevin Rodríguez.

Kendry Páez é um dos jogadores mais promissores do continente, o jogador do Independiente del Valle já está vendido ao gigante Chelsea, da Inglaterra, e irá rumo à Europa quando completar 18 anos. O jogador estreou profissionalmente com apenas 15 anos, e já acumula 23 jogos, com três gols e duas assistências. 

O Equador irá enfrentar a Colômbia dentro de casa na próxima rodada das eliminatórias, na próxima terça-feira (17), às 20h30. A seleção de Kendry ocupa a sétima colocação na luta pela classificação para a próxima Copa do Mundo, com duas vitórias e uma derrota. Caso a disputa pelas vagas terminasse hoje, a seleção equatoriana estaria classificada para a repescagem.

Com o aumento de participantes para o próximo mundial de seleções, os países da América do Sul possuem seis vagas diretas para a Copa e uma vaga de repescagem, antes, as vagas diretas eram quatro, já para as vagas de repescagem não tiveram qualquer acréscimo.