Quando a Rainha Elizabeth tietou Pelé

Pelé foi um dos primeiros jogadores de futebol a quebrar a bolha do esporte e se tornar uma super celebridade ao redor do mundo. E em 1968, o Rei do Futebol foi “tietado” por ninguém mais, ninguém menos que a Raina Elizabeth 2ª do Reino Unido. Na época, a Seleção Carioca e a Seleção Paulista se enfrentavam no Maracanã, no dia 10 de novembro daquele ano.

A Rainha Elizabeth, junto ao Príncipe Philip, realizavam uma “excursão” pelo Brasil, passando por Recife, Salvador, Brasília, São Paulo, Campinas e Campinas antes de encerrar a visita no Rio de Janeiro. E na semana em que a realeza britânica visitava a capital carioca, iria acontecer o famoso amistoso envolvendo a seleção dos estados. O duelo foi organizado justamente com o propósito de realizar o encontro entre a Rainha e o Rei Pelé.

Além disso, a seleção vencedora faturava 1 milhão de cruzeiros. O time carioca entrou em campo com: Félix, Moreira, Brito, Leônidas e Paulo Henrique; Carlos Roberto, Gérson e Paulo César; Nado, Jair e Roberto; Já a Seleção Paulista foi a campo com: Picasso, Carlos Alberto, Jurandir, Dias e Rildo; Clodoaldo, Rivelino e Pelé; Paulo Borges, Toninho e Abel.

A equipe do estado de São Paulo vence o confronto por 3 a 2. Pelé marcou seu 900º gol na carreira, e Toninho e Carlos Alberto Torres completaram o placar. Já os tentos do time carioca foram marcados por Roberto e Paulo Cezar Caju. Depois da partida, aconteceu o tão esperado encontro de Pelé com a Rainha Elizabeth.

“Já o conheço de nome e me sinto muito feliz em cumprimentá-lo”, teria dito a Rainha durante o encontro, segundo os jornais da época. A monarca britânica faleceu neste ano, aos 96 anos, e Pelé prestou homenagem em suas redes sociais:

“Sou um grande admirador da Rainha Elizabeth II desde a primeira vez que a vi pessoalmente, em 1968, quando ela veio ao Brasil testemunhar nosso amor pelo futebol e conheceu a magia do Maracanã lotado. Alguns anos depois, generosamente ela me condecorou com a Ordem do Império Britânico, a mais alta honraria do país”, afirmou o Rei.

“Seus feitos marcaram gerações. Este legado durará para sempre. Neste dia triste, compartilho essa memória com todos vocês e envio a minha mensagem de carinho e minhas preces para a família real britânica e a todos amigos do Reino Unido”, completou.