Presidente do Santos faz pedido em reunião que revolta torcida

Mesmo tendo a aprovação das contas com 80% dos votos pelo Conselho Deliberativo do Santos, o atual presidente Andres Rueda esteve em uma reunião na noite desta quarta-feira (5), e respondeu cerca de 15 perguntas dos conselheiros. O encontro foi presencial, mas contou com algumas presenças via on-line.

O maior questionamento dos conselheiros foi a manutenção do técnico Odair Hellmann após a eliminação na fase de grupos do Campeonato Paulista. Pressionado, Rueda tentou desviar do assunto, dizendo que não pode mais gastar além do que o orçamento, criando ainda mais dívidas ao Peixe.

Por outro lado, os membros do Conselho argumentaram dizendo que a grande maioria dos clubes brasileiros possuem problemas financeiros atualmente. Inclusive, eles citaram o Água Santa como exemplo, visto que possui um orçamento muito menos do que os grandes do Paulista, e acabou chegando na final do estadual, vencendo o Palmeiras por 2 a 1 no duelo de ida.

Segundo informação do Diário do Peixe, o mandatário do clube não quis entrar em nenhuma discussão polêmica com o grupo, e pediu pensamento positivo para a melhora do Peixe na temporada.  A frase acabou caindo mal entre os conselheiros, que ficaram indignados e comentaram que Rueda parecia viver em uma “realidade paralela”.

Novos reforços

O Peixe chegou a um acordo com o Água Santa pela contratação do  lateral-direito Gabriel Inocêncio e o atacante Bruno Mezenga, que se apresentarão na Vila Belmiro após o término do Campeonato Paulista.

Ao contrário do que disse o coordenador esportivo Falcão, Rueda revelou que ambos foram nomes que o próprio scout do clube recomendou. 

“São dois jogadores que o presidente me passou e a comissão aprovou. A gente não sabe se houve a assinatura, mas era isso. Se acontecer o que estava até ontem (hoje), sim. O centroavante é um jogador com característica diferente do Marcos Leonardo, que também vai jogar o Mundial”, iniciou

“É um jogador mais de área e a gente precisava de um jogador nessa característica. O lateral joga nas duas, a gente também está precisando de gente porque tem muito jogo, muitas lesões”, havia dito Falcão, declaração que foi refutada por Rueda.