Pode voltar? Benfica não quer nem saber e deixa velho conhecido livre no mercado

Em meio a um período de reformulação de elenco, o Santos está organizando a saída de diversos atletas que não serão utilizados por Odair Hellmann em 2023. O treinador chegou no CT Rei Pelé há cerca de um mês, e está adaptando o elenco ao seu modo de jogar futebol.

Diante disso, o Santos está de olho no mercado, e busca contratações que caibam no orçamento do clube, sem passar o teto e correr o risco de aumentar as dívidas internas , piorando a situação que já é ruim.

E diante disso, o Benfica, de Portugal, está procurando clubes interessados em contratar por empréstimo ao menos um zagueiro nesta janela de inverno. Entre eles, estão dois brasileiros, e um deles é um velho conhecido do torcedor santista.

Ídolo de volta À Vila?

Tratam-se de João Vitor, ex-Corinthians, e Lucas Veríssimo, um dos ídolos atuais do clube.

Depois de quase um ano sem poder jogar, por conta de uma grave lesão no joelho, o defensor ex-Santos voltou aos gramados no final de 2022, mas ainda não recuperou seus status como titular. Atualmente, é o segundo reserva.

Hoje, a dupla de zaga do clube português é formada pelo argentino Nicolás Otamendi, recém coroado campeão do mundo com a seleção argentina, e o jovem Antonio Silva. Os primeiros reservas do técnico alemão Roger Schmidt são Morato, ex-São Paulo, e o norte-americano John Brooks.

Para adquirir Lucas Veríssimo em 2021, o Benfica pagou 6,5 milhões de euros ao Santos (cerca de 37 milhões). E com contrato até junho de 2026, um retorno ao Brasil para ganhar ritmo de jogo é muito bem visto pelos diretores de futebol do clube de Portugal. 

Diante disso, cabe ao Santos fazer esforços para arcar com o salário do jogador, caso o Benfica não aceite fazer uma divisão de seus vencimentos mensais. Com o carinho que a torcida tem por Veríssimo, é difícil pensar que ele não aceitaria voltar à Vila Belmiro