Odair Hellmann não pensa duas vezes e sai em defesa de titular do Santos

O atacante Ângelo não vive boa fase no Santos e não conseguiu marcar diante do Atlético-MG, na Vila Belmiro, no último domingo (23). Aos 18 anos, o jovem atacante errou nas tomadas de decisão, caiu de rendimento, foi substituído no segundo tempo, mas está sendo bancado no time titular por Odair Hellmann.

Na entrevista coletiva pós jogo, Odair Hellmann saiu em defesa do atacante. “Quantos jogos e finalizações ele fez a menos na base antes de ir para o profissional? Quando um jogador jovem vai logo para os profissionais, endeusam e botam no pedestal, mas depois, lá na frente, é que visualizam as dificuldades”, comentou o técnico do Peixe.

Ângelo, que agora tem 18 anos, estreou no profissional com 15 anos, 10 meses e 4 dias, na derrota do Santos para o Fluminense por 3 a 1. Técnico do Santos na época, Cuca exaltou o desempenho do jovem jogador. “É um jogador promissor, de talento, mas que está sofrendo cobrança e pressão. Tem que evoluir na finalização? Tem, assim como outros. É jovem e está em busca de sua evolução, trabalhando e treinando fundamentos específicos para evoluir”, afirmou Cuca.

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira (26), contra o Botafogo-SP, pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. O Peixe venceu a ida por 2 a 0 e está com vantagem no confronto.

Odair confirma grande chance para jogador do Santos

O lateral Lucas Pires vai ganhar sequência no time titular do Santos depois da lesão no joelho de Felipe Jonathan, que está fora da temporada e vai passar por cirurgia em breve. A informação foi confirmada pelo técnico Odair Hellmann, que confirmou a vaga no time para Pires.

“Quando a gente conseguiu a repetição do time, que o Felipe também evoluiu, até em relação a ele mesmo, teve a lesão. O Lucas está tendo a oportunidade e temos o Gabriel que está chegando agora. A gente vai avaliar as características de cada um. O Lucas tende a ter uma uma sequência um pouco maior, até para retomar o melhor ritmo”, disse Hellmann na entrevista coletiva pós jogo.