Maradona foi santista por um dia

A rivalidade Maradona vs. Pelé é uma das mais famosas e importantes da história do futebol. Apesar desta batalha estar muito centrada nas atuações de ambos por suas respectivas seleções, os dois craques também fizeram muito sucesso por seus clubes. O Rei, por exemplo, escreveu a maior parte de sua história com a camisa do Santos. No entanto, você sabia que Maradona também ficou muito próximo de vestir a camisa do Peixe?

O episódio aconteceu quando o argentino estava próximo de anunciar sua aposentadoria. No ano de 1995, com o aval do próprio Rei, o Santos Futebol Clube tentou contratar o maior astro do futebol argentino. Embora com seus 34 anos, Maradona se animou com a possibilidade, especialmente pelo fato de a articulação contar com ajuda da Pelé Sports & Marketing.

Dois dos maiores jogadores da história, que sempre geravam o debate de “quem foi o melhor jogador de todos os tempos”, tendo algo em comum: vestir a camisa do alvinegro praiano. Infelizmente, o custo da transação era muito elevado, e a contratação foi impossibilitada. Em fevereiro de 1998, Maradona aproveitou um passeio do craque pela Vila Belmiro para retomar as conversas iniciadas três anos antes, mas novamente, não houve sucesso.

Pelé quase jogou no Bangu

Se Maradona ficou perto de jogar no Peixe, Pelé ficou perto de sequer vestir a camisa do alvinegro praiano. A história veio à tona em 1967, quando Pelé, com 26 anos de idade, deu uma entrevista ao acervo do Museu da Imagem e do Som. Durante a conversa, o Rei deixa transparecer que o Bangu tinha fortes e reais intenções de tê-lo como seu jogador.

“O Tim (treinador do Bangu na época) foi lá, conversar com o Waldemar de Brito; foram falar com meu pai para me trazer para o Bangu. Eu era o mais novo e o meu pai não queria deixar. Acabei não vindo mesmo.”, disse o Rei.

A entrevista também ficou famoso pelo fato de Pelé se declarar vascaíno, mesmo na época em que era ídolo máximo do Peixe,”minha família falava muito do Flamengo… gostava do Flamengo na infância, mas meu time de coração mesmo era o Vasco”, afirmou Pelé.