João Paulo não quer saber e entra para a história do Santos na Sul-Americana

Na última terça-feira (4), o Santos, mesmo jogando mal, bateu o Blooming por 1 a 0, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2023. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Eduardo Bauermann, após cobrança de escanteio de Daniel Ruiz.

Além do Peixe ter conquistado os primeiros três pontos da competição, a partida marcou um dia especial para o goleiro João Paulo, atual capitão da equipe comandada pelo técnico Odair Hellmann.

Isto porque a partida na Bolívia fez com que o goleiro titular do Peixe alcançasse o posto de jogador com mais partidas pela Copa Sul-Americana em toda a história do Santos Futebol Clube.

Com a marca batida, João Paulo chegou a 12 jogos pelo Peixe no torneio, e superou o lateral-esquerdo Léo, um dos grandes ídolos recentes do Peixe e da sua posição. 

Além dele, o arqueiro se junta a mais outros dois atletas que estão no topo da lista: o centroavante William Batoré, que vestiu a camisa santista entre 2001 e 2005, e o ponta Lucas Braga, que ainda atua pelo Peixe, mas se recupera de uma lesão, assim como Soteldo, Mendoza e o zagueiro Joaquim, contratado no começo da temporada.

O ídolo e ex-treinador do clube Elano aparece logo após Léo, com nove jogos na competição, fechando o top-5. A maioria dos atletas do ranking são da geração mais recente do Peixe, como Vinicius Zanocelo, que se despediu recentemente da Vila Belmiro rumo ao Fortaleza, Gabriel Pirani, que também saiu recentemente do Alvinegro rumo ao Fluminense, e Camacho, que ainda integra o elenco atual.

Confira os atletas do Santos com mais partidas na Copa Sul-Americana

  • 1º – João Paulo – 12 jogos na competição
  • 2º – Lucas Braga – 12 jogos na competição
  • 3º – William Batoré – 12 jogos na competição
  • 4º – Léo – 11 jogos na competição
  • ​5º – Elano – 9 jogos na competição
  • 6º – Zanocelo – 9 jogos na competição
  • 7º – André Luis – 9 jogos na competição
  • 8º – Gabriel Pirani – 9 jogos na competição
  • 9º – Camacho – 9 jogos na competição