Crise: Ronaldo Fenômeno é alvo de críticas e SAF rival pode estar ameaçada

Adversário do Santos na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro também passa por momento deliciado na temporada. Sem vencer há oito jogos, a equipe se aproximou da zona de rebaixamento e realizou uma troca no comando técnico.

Comandada por Ronaldo Fenômeno, a SAF (Sociedade Anônima de Futebol) da Raposa vive momentos de tensão. Muito por conta disso, o clube demitiu o português Pepa e acertou a chegada de Zé Ricardo, que fará sua estreia no duelo contra o Peixe.

Passando por uma reestruturação financeira, o clube trata um possível rebaixamento para a Série B como uma tragédia. Apesar de ocupar a 12ª colocação no momento, o Cruzeiro tem apenas cinco pontos a mais que o Santos, que abre o Z4 no momento. Caso seja derrotada, a equipe mineira entrará de vez na luta contra o rebaixamento.

Ronaldo vive momentos de tensão

Além do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno também é dono do Valladollid, da Espanha, que passa por momentos conturbados. Com apenas uma vitória em cinco jogos da Segunda Divisão da Espanha, a equipe convive com os protestos de seus torcedores.

No último final de semana, o ídolo da Seleção Brasileira foi hostilizado pela torcida do clube, durante a partida contra o Elche.

“Ronaldo, p…, onde está o dinheiro?!”, cantaram os torcedores.

Além disso, uma grande faixa de protesto foi exibida nos arredores do estádio com os dizeres:

“Cinco anos de mentiras, à beira do abismo. Basta já!”

Na 17ª colocação, a equipe está bem longe da zona de acesso para a próxima temporada da Liga Espanhola. Com diversos resultados negativos, a pressão sobre Ronaldo vem aumentando cada vez mais entre os torcedores do Valladollid.