Craques da Argentina rescindiram com o Santos

Em julho, o Santos acertou as rescisões de duas jogadoras argentinas do seu time feminino: a zagueira Adriana Sachs e a lateral-esquerda Eliana Stabile. E, nesta semana, ambas definiram seus futuros no futebol.

A primeira foi anunciada no Racing enquanto a segunda acertou seu retorno para o Boca Juniors. As duas atletas decidiram regressar ao seu país de origem depois de passagem com a Seleção na disputa da Copa do Mundo Feminina, realizada na Austrália e na Nova Zelândia.

No Santos, elas foram pouco aproveitadas e, por isso, rescindiram seus vínculos com o Peixe. Inclusive, Stabile e Sachs foram as segunda e terceira jogadores argentinas na história a defenderem o time da Baixada Santista. A primeira foi Sole Jaimes, maior artilheira estrangeira da história das Sereias.

Problema no time feminino

O time feminino do Santos sofreu uma baixa relevante nos últimos dias. Após exames realizados no sábado, 29 de julho, foi constatada uma ruptura total do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito da atleta Laura Valverde.

Com isso, a meio-campista não joga mais pelo Peixe nesta temporada. Laura já está sob cuidados do departamento médico do Peixe para poder iniciar o tratamento pré-cirúrgico. O processo de recuperação leva de seis a nove meses.

Criada nas categorias de base do clube, nas Sereinhas da Vila, Laura assinou o primeiro contrato profissional com o Santos na temporada de 2021. Com apenas 20 anos, a meia acumula convocações da Seleção Brasileira Feminina de base. Antes da lesão, ela havia atuado em 6 partidas pelo Campeonato Paulista e 8 pelo Brasileiro.