Como está a busca do Santos por reforços?

Desde a eliminação precoce no Campeonato Paulista, a diretoria santista está atrás de novos reforços para a equipe, visando a disputa de mais três competições simultâneas (Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana). Entretanto, o clube vem tendo contratempos por conta da situação financeira atual, e até agora não anunciou nenhum atleta.

O nome que chegou mais perto de ser contratado foi o volante Jean Lucas, do Monaco. Considerada uma negociação encerrada pela parte do Peixe, os entraves com o jogador foram o principal problema. 

Após se resolver com o clube francês, o Santos começou as conversas com o jogador. Aí que desandou, uma vez que o jogador não aceitou reduzir seu salário (lhe foi oferecido R$ 500 mil mensais), e quis continuar no patamar europeu, recebendo cerca de R$ 1 milhão por mês.

Disputando a contratação com o Internacional, o volante Diego Pituca nunca saiu do radar santista desde a sua saída em 2021, por 1,6 milhão de dólares (cerca de R$ 8,2 na cotação da época).

Apesar do jogador ser declaradamente santista e ter o interesse em voltar ao futebol brasileiro, o Peixe encontrou o mesmo problema de Jean Lucas: a crise financeira impede de pagar os salários do mesmo. Além do mais, possui contrato com o Kashima Antlers até 2024, e o clube japonês não deseja liberá-lo.

Joia do Ituano e prazo final para Rueda

Segundo informações do LANCE!, o Santos também possui interesse no atacante Gabriel Barros, do Ituano, um dos destaques da equipe no Campeonato Paulista. 

O Peixe teria realizado uma oferta para contar com os serviços do jogador. Entretanto, o Ituano recusou a oferta, visto que o Alvinegro só começaria a pagar a partir do ano que vem, além da dependência de metas esportivas para os valores aumentarem.

O Santos tem até o dia 4 de abril, dia de encerramento da janela de transferências do Brasil, para contratar novos reforços para Odair Hellmann.