Como era a relação do cantor Chorão com o Santos?

Neste ano, o Santos lançou uma linha de roupas em parceria com a banda Charlie Brown Jr. O líder da banda, Chorão, que morreu em março de 2013, tinha forte conexão com o alvinegro praiano. Aliás, foi na cidade de Santos que Chorão e sua banda fizeram história. Apesar de não ser “fanático” pelo clube como Emicida ou Mano Brown, Chorão demonstrou muito amor pelo Peixe ao longo de sua trajetória.

Alexandre Magno, o Chorão, nasceu em São Paulo, mas se mudou para a cidade santista ainda criança. Seu amor pelo alvinegro praiano foi se criando ao longo dos anos, e quando sua banda atingiu sucesso nacional, ele já era declaradamente santista. Em 2010, ele comandou a festa de apresentação de Robinho em seu retorno ao Brasil.

Na ocasião, foi o próprio cantor que pagou a montagem do palco foi montado, sem exigir nada do clube. Além disso, Chorão era torcedor presente na Vila Belmiro em partidas do Santos. Em 2012, o Charlie Brown Jr. foi novamente convidado para cantar na comemoração do centenário do clube, como a atração principal do evento.

A banda também já compôs uma música em homenagem ao clube, chamada de “Homenagem Ao Santos Futebol Clube”.

Emicida e Mano Brown também são torcedores do Santos

Leandro Roque de Oliveira, o Emicida, é outro rapper fanático pelo Santos. Um torcedor ilustre do clube, Emicida é amigo pessoal de boa parte dos jogadores que possuem algum tipo de ligação com o Alvinegro Praiano. No entanto, o motivo do rapper ser apaixonado pelo Peixe é um pouco curioso.

Seu amor pelo Santos veio através de um seriado de TV que fazia muito sucesso no Japão e na extinta TV Manchete: o Kamen Rider Black RX. Em entrevista para a revista francesa So Foot, ele afirmou que viu um garoto aparecer usando a camisa do Santos durante o programa e isso bastou para escolher seu time do coração.

Outro nome do rap nacional que também é fanático pelo Santos é Pedro Paulo Soares Pereira, mais conhecido como Mano Brown. O integrante do grupo Racionais Mc’s nunca escondeu sua paixão pelo Alvinegro Praiano e já foi visto inúmeras vezes na arquibancada em jogos do Peixe.