Aconteceu o que todos temiam: Vila foi derrubada por lei e Santos foi massacrado

O Santos está em processo para poder construir a sua nova arena, mas antes disso a Vila Belmiro foi atingida por famosa lei brasileira. Além disso, o Peixe está brigando contra a queda para segunda divisão, após entrar na zona de rebaixamento depois da derrota para o Bragantino.

Na noite da última quinta-feira , o Santos foi derrotado pelo Red Bull Bragantino por 3 a 1 na Vila Belmiro. O time de Bragança Paulista freou o momento de recuperação do Peixe no campeonato, o alvinegro vinha de três vitórias consecutivas no Brasileirão.

Apesar da derrota, o Santos não fez uma péssima partida. O time criou oportunidades, faltou melhorar a pontaria e a definição de jogadas no último terço do campo. O goleiro Cleiton também foi destaque da partida com grandes defesas e o Bragantino soube aproveitar as oportunidades que teve.

A rodada não foi nada boa para o Santos, com a derrota o clube entrou na zona de rebaixamento novamente. A maioria dos times que ainda possuem chances reais de não ser rebaixado venceu na rodada, foram os casos de: Goiás, Bahia e Vasco.

Lei foi apresentada na Vila Belmiro antes da construção da Arena

Em setembro Santos e WTorre assinaram contrato para o projeto de construção da nova Vila Belmiro. As obras têm previsão de início a partir do ano que vem, com duração mínima de dois anos de construção. A nova arena terá capacidade para 30 mil pessoas. Antes do início do projeto, lei atingiu a antiga Vila Belmiro.

Na derrota para o Massa Bruta, aconteceu uma lei bastante famosa no futebol brasileiro. O atacante Eduardo Sasha, que teve passagem pelo Santos de 2018 a 2020, marcou dois gols na vitória do Bragantino, fazendo a lei do ex..